9 de agosto - Seja mais flexível

August 9, 2017

 

Há alguns anos, estávamos passando por alguns problemas com a nossa equipe de trabalho e procurarmos a ajuda de um líder mais experiente para nos orientar a lidar com situação. Ele nos ouviu atenciosamente e falou ao final:  " Ricardo e Mairla, vocês precisam praticar mais aquele versículo das “Bem-aventuranças” (Mt.5), "Bem-aventurados os flexíveis, porque eles não serão quebrados."

Rimos, sabedores de que este versículo não existe mas entendemos o seu recado. Ele nos advertiu que poderíamos estar sendo muito rígidos em nossas decisões, fizemos os devidos ajustes e de fato a situação resolveu.

Se você observar os casais que estão casados há muito tempo ou se sentar para conversar com aqueles que têm mais de 30 anos juntos, verá que eles só chegaram a este ponto porque se apoiaram mutuamente, superaram crises e relevaram muitas falhas. O relacionamento permaneceu porque houve persistência e tolerância.

Todos temos valores e opiniões pessoais, porém para desfrutarmos de uma vida familiar pacífica e sólida, teremos de por vezes abrir mão da nossa vontade e ceder ao desejo do outro.

 

Quando o seu filho te pede para chegar em casa excepcionalmente uma hora depois do previsto, você o libera ou bate o pé que não e ponto? Se o seu cônjuge chegar em casa se sentindo muito cansado e sugerir para vocês mudarem os planos e irem ao shopping outro dia, você cede ou já se irrita só dele perguntar?

 

Tenho certeza que existem questões realmente inegociáveis para você e nestes casos, mantenha-se firme em seu posicionamento, para não ter o perigo de desrespeitar a si próprio. No entanto, existem situações que são negociáveis e neste casos, ceda, se abra para mudanças e lembre-se: Um relacionamento que vale a pena, tem menos irritação e mais compreensão!

 

 

“Abençoados são vocês, que se preocupam com o bem-estar dos outros. Na hora em que precisarem de ajuda,

também receberão cuidado" (Mateus 5:7, Bíblia A Mensagem)