24 de agosto - Volte a olhar olhando

August 24, 2017

 

Grande parte dos relacionamentos amorosos começou com uma simples troca de olhar. Quando ficamos enamorados, uma das coisas que mais queremos é ficar encarando e admirando a pessoa amada. Outro bom exemplo disso é quando ganhamos o nosso bebê. Ficamos tempos observando os seus traços, gestos, apreciando os primeiros movimentos e por aí vai.

Porém com o passar do tempo, somos tendenciosos a nos acostumar com a convivência familiar e se não ficarmos ligados, acabamos deixando de lado toda esta apreciação e atenção concentrada.

Não é legal quando o marido tem o costume de conversar com a esposa olhando para o celular de minuto em minuto, ou quando a esposa não cessa um pouco das suas atividades para interagir com a família, ou quando os pais falam com os filhos sem contato visual. Todos estes comportamentos acabam comprometendo o relacionamento familiar, pois somente com a troca de olhares atenciosos haverá conversas de qualidade.

 

Qual foi a última vez que você conversou com o seu cônjuge olhando olho no olho? Com os seus filhos? Com os seus pais?

 

Assim como Deus expressa o seu amor por nós com o Seu contato visual constante (Sl.139;Pv.15:3), faça o seu familiar se sentir importante por você, com olhares concentrados. Este comportamento cuidadoso poderá reascender "chamas" de amor outrora apagadas e estabelecer segurança relacional entre os membros da família.

 

 

Você fez disparar o meu coração, minha querida. Com um só olhar, fui arrebatado. Fiquei perdidamente apaixonado. ( Cantares 4:9)

 

 

Porque os olhos do Senhor repousam sobre os justos,...

(I Pedro 3:12)

 

Share on Facebook