21 de julho - Amor entre irmãos

July 21, 2018

 

Nos anos de 1700, a história de avivamento cristão, foi marcada pela parceria dos irmãos Wesley.

John e Charles Wesley fundaram o movimento metodista e impactaram a Inglaterra e o mundo, com uma fé viva e caridosa.

A amizade deles foi admirável. Um sucesso exemplar, da parceria em família.

O Salmo 133, fala das bençãos atribuídas a esta comunhão.

 "Oh! Como é bom e agradável viverem unidos os irmãos! É como o óleo precioso sobre a cabeça, o qual desce para a barba, a barba de Arão,... Ali, ordena o SENHOR a sua bênção e a vida para sempre."

Somos tendenciosos a pensar, que este texto se refere em primeira acepção, aos irmãos da fé, mas não é. Quando este Salmo foi escrito, a igreja nem havia sido instituída. Ele se refere diretamente à unidade dos irmãos de sangue. Assim, vemos como a unidade em família agrada a Deus e traz bençãos eternas para o lar que a cultiva.

Sabedor desta promessa, o diabo desde o inicio da humanidade trabalha para trazer desunião entre os irmãos, como vemos nas histórias de Caim e Abel (Gn.4), Jacó e Esaú (Gn.25), José e seus 11 irmãos (Gn.37), Absalão e Amnon (II Sm.13) e tantos outros. Irmãos que não souberam respeitar as suas diferenças e foram tomados de toda sorte de facção, como: inveja, ódio, traição, chegando até o assassinato.

 

Será que este foi o propósito de Deus? Claro que não! Ele não nos colocou no lar que nascemos por acaso e a Sua vontade nunca foi a desunião da família.

Sabemos que a convivência entre irmãos é desafiadora. Mas, quando se vai amadurecendo e os devidos ajustes são feitos, o fruto desta amizade é gratificante. Posso dizer isso de experiência própria, pois minha irmã trabalha comigo há anos e descobrimos que as nossas inúmeras diferenças de personalidade nos completam.

 

Você é amigo do seu irmão? Respeita o seu jeito de ser e as suas escolhas? O ajuda em momentos difíceis? Mantém contato com ele?

Faça a sua parte para ser um irmão amoroso e leal. Você poderá descobrir bem ao seu lado, um amigo que nunca imaginava ter e atrairá bençãos eternas para a sua família!

 

 

E despediu os seus irmãos. Ao partirem, disse-lhes: Não contendais pelo caminho. (Genesis 45:24)