12 de agosto - Diante da ingratidão

August 12, 2018

Participei certa vez de um evento, em que um jovem se pronunciou enfaticamente elogiando o seu pastor. Ele o agradeceu por tê-lo ajudado a se tornar alguém responsável e vencedor na vida. O lance é que o pai daquele jovem também estava na reunião e não recebeu nenhuma apreciação. Ao final, ele pareceu ter se ofendido com tanto reconhecimento do seu filho para outro indivíduo, o que pareceu compreensível.  Certamente com mais sabedoria, o jovem poderia ter aproveitado a oportunidade para honrá-lo publicamente também.

Talvez da mesma maneira, às vezes você tem se esforçado tanto para cuidar da sua família, mas parece que nunca há o devido reconhecimento e gratidão e são outras pessoas que têm recebido os elogios.

É muito desafiador quando um filho não reconhece os esforços de seus pais e ainda se distancia com acusações ou quando o cônjuge não valoriza a dedicação do seu parceiro pela família e ao contrário, só reage com cobranças.

 

Se você tem sofrido com a ingratidão, esteja ciente de que há um Deus no céu que tudo vê. Ele viu as madrugadas que você não dormiu para cuidar do seu filho, viu as vezes que você abriu mão da sua vontade pensando no bem-estar do seu cônjuge, viu quando você acordou mais cedo para orar pela sua família ou deixar a comida pronta.

Mesmo que hoje você se sinta injustiçado ou que o seu trabalho não seja valorizado como gostaria, prossiga em fazer o bem em sua casa, pois o Deus que tudo vê certamente te recompensará!

 

"...o Senhor recompensará a cada um pelo bem que praticar,..." (Ef.6:8)

 

"Os olhos do Senhor estão em todo lugar..."( Pv.15:3)