18 de agosto - O que é seu, é seu!

August 21, 2018

 

 

 

Quando fui me casar, me lembro de entregar o convite para uma jovem senhora solteira e ela me surpreender com a sua reação. Ela me disse: "Como assim Mairla você já vai se casar?  Você deveria orar mais por mim. Eu também quero me casar, não é só você não, viu?" Confesso que fiquei sem palavras com a sua atitude. Tipo assim, era pra ela se alegrar comigo e não me cobrar de uma situação com a qual eu não tinha nada a ver.

Claro que depois, compreendi o seu desespero de ver mais uma jovem da igreja se casando enquanto ela continuava solteira, mas a sua atitude além de ter sido sem noção, também refletiu um sentimento invejoso.

Uma das definições de inveja que mais gosto é: inveja é achar que o que o outro tem, Deus jamais poderá me dar.

A verdade é que não precisamos ficar querendo a casa dos outros, a família dos outros, o cônjuge do outro, não! O nosso Deus é abençoador por natureza e tem toda sorte de bênçãos para aqueles que O buscam!

 

Você é uma pessoa que se alegra com a alegria dos seus familiares? Quando seu cônjuge te conta que ganhou algo no trabalho ou seu irmão conta que foi promovido no emprego, você consegue se alegrar ou no fundo fica triste pensando por que não foi com você?

Pare de desejar o sucesso dos outros e abra o seu coração em fé, para buscar a Deus e receber Dele o que Ele tem para você!

Fique tranquilo, o que é seu é seu e isso é que importa!

 

"Alegre-se com os que se alegram,..."(Rm.12:15)

 

O ânimo sereno é a vida do corpo, mas a inveja é a podridão dos ossos. (Provérbios 14:30)

Share on Facebook
Share on Twitter