19 de agosto - Arma poderosa

August 21, 2018

 

 

 

Será que você tem passado alguma situação em sua família que parece não ter jeito? Talvez você já tentou resolver de várias formas, mas não alcançou ainda o resultado esperado.

Os discípulos de Jesus também se depararam com um problema em seu ministério, e após orarem e tentarem resolver de várias maneiras, não tiveram êxito. Nesta ocasião, Jesus os ensinou um poderoso princípio de vitória além da oração, o jejum.

Jejuar é abster-se de alimento por um determinado período, para conquistar uma causa diante de Deus. Se a batalha que estão enfrentando é espiritual, o Senhor deixou bem claro: "...esta casta não vai embora senão por meio de oração e jejum." (Mateus 17:21). Isto é, tem vitórias que apenas são alcançadas pela prática do jejum.

Sabemos que nem todos os conflitos dentro da família são espirituais,  porém alguns como: o excesso de confusão, enfermidades recorrentes, tristeza profunda e etc., podem ser sim,  problemas de origem maligna (Jo.10:10); E nestes casos é preciso usar a arma poderosa que Jesus nos ensinou.

Alguns se desculpam por não conseguirem jejuar. Justificam sentirem dor de cabeça, mal estar, fome e etc. Reflexos como estes, não comprometem a saúde, pelo contrário, o jejum é um poderoso desintoxicador do organismo. Se a dor de cabeça e a fome valem a sua vitória, então por que não jejuar? 

 

Existem vários tipos de propósitos de jejum, alguns deles são:

O jejum integral - Quando não se come nada por um dia ou dias (Mt.4); e o jejum parcial - Como fez o profeta Daniel (Dn.10), em que se absteve de alguns tipos de alimento, durante o período de 21 dias. 

 

Sob a direção de Deus e dos seus líderes espirituais, jejue frequentemente pela sua família, pelos seus filhos, e por todos os assuntos que sentir a necessidade de uma benção especial. Você testificará o poder desta arma espiritual e glorificará a Deus pelos resultados!

 

 

Virão dias quando o noivo lhes será tirado; então tereis que jejuar. (Mateus 9:15)