10 de janeiro - Suba aos lugares altos

January 10, 2019

 

 

A montanha mais alta do mundo conhecida como monte Evereste, recebe centenas de alpinistas todo o ano. Homens e mulheres instigados pela aventura arriscam as suas vidas para viverem uma experiência única de avistar o mundo a 8.848 metros de altura. O grande detalhe é que esta realização de alcançar o topo da terra requer muito investimento. Cada participante gasta em torno de 40 a 60 mil dólares, precisa levar garrafas de oxigênio e todo um aparato alpinista de cordas, botas e escadas, fora a preparação física para enfrentar as escaladas e um frio de 70º C negativos. E acredite, mesmo de cara com a morte, alguns voltam outras vezes para repetir a expedição.

Assim como no mundo físico há este topo sobremodo alto, há também uma montanha divina chamada pelo salmista de: Monte de Deus (Sl.24). Este monte se refere à Sua presença e não possuiu uma vista privilegiada apenas, mas bênçãos para todas as áreas da nossa vida. Todavia, como no Evereste, não é qualquer pessoa que pode subi-lo. Para escalá-lo e permanecer lá, é preciso ter algumas características que veremos quais são no original hebraico:

(1)  Limpo de mãos - נקי naqiy/כפּ kaph - Livre de culpa; Limpo; inocente. (2) Puro de coração - בר bar/ לבב lebab - Sincero e limpo de alma, vontade e mente. (3) Que não entrega a sua alma à falsidade - שׂוא shav - Que não se entrega a mentira e a vaidade.

(4) Nem jura dolosamente - מרמה mirmah - Nem empenha a sua palavra com engano ou traição.

 

Se quisermos desfrutar da presença de Deus e usufruir dos seus benefícios em nossa vida e família, precisaremos buscar a santificação. Este caminho começa com o arrependimento dos pecados e a rendição do nosso coração ao Senhor Jesus (I Jo.1:9). Deixe toda mochila pesada aos pés da cruz; Busque a presença de Deus e você verá que Ele te levará a lugares jamais imaginados.

 

Quem subirá ao monte do SENHOR? Quem há de permanecer no seu santo lugar? O que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à falsidade, nem jura dolosamente. Este obterá do SENHOR a bênção e a justiça do Deus da sua salvação. (Salmo 24:3-4)