15 de fevereiro - Respeite as diferenças

February 15, 2019

 

 

Em nosso primeiro ano de casados, quis presentear o meu esposo em seu aniversário com uma festa surpresa. Enfeitei uma das salas que trabalhávamos com balões e faixas, convidei nossos amigos e todos nos escondemos aguardando a sua chegada. Quando ele apareceu gritamos: "Surpresa!". A sua cara de espantos foi nítida, era como se ele estivesse dizendo: "O que eu estou fazendo aqui?".

Confesso que fiquei frustrada com a sua reação. Ao chegarmos em casa conversamos e ele explicou que recebeu o meu carinho, porém odiava surpresas e me pediu enfaticamente para não ter mais estas iniciativas. Me justifiquei, dizendo que amava comemorações assim, portanto pensava que ele acharia o mesmo, mas ao final me desculpei e prometi não repetir a cena.

Este fato fez parte dos nossos ajustes de recém-casados e nos aniversários seguintes passei a perguntar antecipadamente o que ele gostaria de ganhar de aniversário e ele por sua vez aprendeu a me surpreender. Desde então, nos entendemos perfeitamente neste ponto, pois não tentamos mudar as preferências um do outro, apenas aceitamos as nossas diferenças.

 

Você está disposto a respeitar a opinião do seu cônjuge mesmo quando for contrária a sua? Se você gostar de dormir tarde e a sua esposa gostar de dormir cedo, você a respeitará, sem culpá-la por isso? Se o seu marido gosta de bife mal passado e você de uma carne bem torradinha, fará dois tipos de carne para a refeição?

 

Será muito importante que marido e mulher cedam o quanto possível e procurem entender o jeito de ser um do outro. Um casamento feliz é feito de amor e aceitação. Respeitem as suas diferenças e curtam as suas afinidades!

 

 

O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor... Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. (I Coríntios 13:4-7)

 

Share on Facebook
Share on Twitter