20 de Maio - Mais misericórdia, menos condenação

May 20, 2019

Mais misericórdia, menos condenação

 

 

         Você já percebeu como é fácil julgarmos os outros pelos seus erros? Mas quando somos nós que falhamos, ansiamos por misericórdia e perdão o mais rápido possível! Temos a tendência de condenar o próximo e sermos condescendentes conosco. Este é o ser humano! Até mesmo o grande rei Davi quando em pecado, não hesitou sentenciar um suposto culpado, quando era ele quem merecia o julgamento (II Sm.12).

         Quando algum dos seus familiares falha descumprindo um combinado, ou chegando mais tarde que o horário marcado, ou fazendo algo que te tira do sério, como você reage? Com fúria ou misericórdia? Intolerância ou paciência?

        

       Tenho certeza que se a partir de hoje você tratar o outro como gostaria de ser tratado, sua convivência familiar vai entrar em uma nova dimensão de amor e paz!

 

 

“Não bombardeiem de críticas as pessoas quando elas cometem um erro, a menos que queiram receber o mesmo tratamento. O espírito crítico é como um bumerangue. É fácil ver uma mancha no rosto do próximo e esquecer-se do feio riso...no próprio rosto. Vocês têm o cinismo de dizer:‘Deixe- me limpar o seu rosto’, quando o rosto de vocês está distorcido..? Isso também é teatro, é fazer o jogo do ‘sou mais santo que você’, em vez de simplesmente viver a vida. Tire o cinismo do rosto e, então, você poderá oferecer uma toalha ao seu próximo,

para que ele também limpe o rosto."

(Mateus 7:5, Bíblia A Mensagem)

Share on Facebook
Share on Twitter