14 de julho - Pais amigos=Filhos companheiros.

July 14, 2019

Pais amigos=Filhos companheiros.

 

 

Algumas vezes em nosso ministério pastoral, presenciamos pais frustrados, pois seus filhos quando cresceram não queriam mais andar com eles. Ao observar mais de perto estes casos, percebemos que estes filhos apenas reagiram ao que receberam durante a sua infância. Como tiveram pais que os rejeitaram e os desrespeitaram, consequentemente se distanciaram deles, mesmo que inconscientemente.

Quando gostamos de tudo no seu devido lugar e temos uma filha desorganizada, ou quando somos acelerados e temos um filho que faz tudo em "câmera lenta", ou ainda quando gostamos de silêncio e temos um filho que é tagarela, todas estas diferenças, podem tentar nos afastar de nossos filhos e nos desafiarem na convivência diária. Somente através do amor(I Co.13), poderemos superar estas diversidades e estabelecer afetivos laços de amizades com eles.

 

Você tem um filho muito diferente de você ou um muito parecido? O jeito dele de ser, às vezes te incomoda ou te aborrece?

Com o passar dos anos você certamente precisará da presença dele ao seu lado e o momento de começar a cultivar esta amizade é enquanto ele ainda é pequeno. Para isso, procure ressaltar as suas virtudes verbalmente e não os seus defeitos; Leve-o para o acompanhar em suas atividades diárias sempre que possível; Cultive o hábito de perguntar a ele sobre o seu dia-a-dia e de  ter conversas pessoais regularmente.

O que o seu filhinho aprender com você hoje, será inclinado a fazer com você amanhã!

 

 

 

O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha.

Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. (1 Coríntios 13:4,5).

Share on Facebook
Share on Twitter